A Cidade - Símbolos

Conheça os símbolos que representam o município de Patos de Minas.

Hino à Cidade de Patos de Minas

Letra por Profº. Zama Maciel
Melodia por D. José André Coimbra

Terra nutriz, poenta avermelhada
Que se ondula em afagos maternais
Ao gorjear da alegre passarada
Fecundadora de amplos milharais.

Estribilho

Teu céu é azul-turquesa
Que beija a terra gentil
Primavera de beleza
Patos meu e do Brasil.

 

Em teus regatos claros cristalinos
Diamantes raros rolam no cascalho
Entoam juntos tentadores hinos
Doce canção à glória do trabalho.

Formosa gleba das Minas Gerais
A tua gente heróica te bendiz
Ao sorrires no louro dos trigais
Na messe farta que te faz feliz

A flor da Pátria doira o teu brasão
Beijam os filhos teus os pés da cruz
A liberdade leva o teu pendão
Terra de amor, de fé, terra de luz.

CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD DO HINO EM MP3.

Brasão de Armas

O Brasão de Armas Municipal procura representar a nossa história, a nossa fé, a nossa integração à vida do Estado de Minas Gerais e a nossa riqueza. Na Lista finalizando o Brasão há o topônimo do Município, Patos de Minas, Ladeado à esquerda pela data do dia e mês: 29.2 e, à direita, o ano da instalação do Município: 1868. É ladeado por dois ramos de milho.

 

Bandeira

A Bandeira Municipal de Patos de Minas segue as normas da Lei que dispõe sobre os símbolos municipais do Brasil, sendo esquartelada em cruz, lembrando nesse simbolismo o espírito cristão de seu povo.

O Brasão aplicado na Bandeira representa o Governo Municipal, e o losango branco onde é contido representa a própria cidade-sede do Município. A cor branca é símbolo da paz, amizade, trabalho, prosperidade, pureza, religiosidade. As faixas brancas carregadas de sobre faixas vermelhas, que partem dos vértices do losango esquartelando a bandeira, representam a irradiação do Poder Municipal, que se expande a todos os quadrantes de seu território.

A cor vermelha é símbolo de dedicação, amor pátrio, audácia, intrepidez, coragem, valentia. Os quartéis azuis, assim construídos, representam as propriedades rurais existentes no território municipal; o azul simboliza a justiça, nobreza, perseverança, zelo e lealdade.

Fonte:

Oliveira Mello, Antônio de, 1937.
Patos de Minas, meu bem querer. 3. ed. revista, ampliada e revisada.
Edição da Prefeitura Municipal de Patos – SEMED, 2008.

NOTÍCIAS

Grupo de Seresta "Trovadores ao Luar" homenageia as mães do CMEI Curumim

veja mais




Fenapraça continua nesta segunda-feira

veja mais




17ª Semana Nacional de Museus em Patos de Minas atrai grande público

veja mais




Domingo no Parque focaliza ações de combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes

veja mais




Confira a previsão do tempo para esta segunda-feira

veja mais




Serviço de Inspeção Municipal realizará orientações durante a programação da Fenapraça

veja mais




Ações de promoção à saúde são realizadas no bairro Jardim Itamarati

veja mais




Ações de promoção à saúde são realizadas no bairro Jardim Itamarati

veja mais




Cantores patenses são homenageados na segunda noite da Fenapraça

veja mais




CAPS comemora o Dia Nacional da Luta Antimanicomial com Sarau em Rede

veja mais