Diante do momento de crise hídrica vivido no distrito de Pindaíbas e com o objetivo de melhorar as condições dos recursos hídricos e a qualidade de vida de toda a população, na semana passada, foi iniciada a execução do cercamento e proteção das nascentes do córrego Bauzinho, manancial que abastece a comunidade.

O cercamento teve início nas nascentes da propriedade do senhor Inácio Braga Soares e continuará abrangendo as demais propriedades cujas nascentes foram catalogadas e diagnosticadas pelo Programa Municipal Pronascentes, juntamente com o Instituto Estadual de Florestas (IEF) e Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam), dentro desta microbacia.

Com o intuito de acelerar o processo de regeneração natural esperado para área e nascentes previamente isoladas com após o cercamento, serão plantadas mudas de espécies nativas apropriadas para mata no início do período chuvoso, com previsão das ações de manutenção dessas mudas no período de um ano.

Os recursos são do Programa Pró-Mananciais da Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (Copasa) e o desenvolvimento do projeto foi aprovado pelo Coletivo Local de Meio Ambiente (Colmeia). O projeto ainda tem o apoio da Associação Renasce Pindaíbas (Arpindas) e tem a coordenação do Pronascentes.