Diante do não cumprimento do contrato por parte da Real Card, a Prefeitura de Patos de Minas cancelou o serviço do vale-alimentação com a empresa. Dessa forma, o saldo dos cartões está zerado, e o saldo de cada servidor (incluindo valor do mês de maio, caso haja) será depositado em conta.

A Secretaria de Administração está levantando os créditos individualmente para proceder o pagamento. Pede-se a compreensão dos servidores, e novas informações serão divulgadas tão logo esse trabalho seja concluído.

É importante que o servidor entenda que o processo de contratação de qualquer empresa fornecedora de vale-alimentação no setor público é por licitação, portanto o município não tem autonomia para definir ganhadores e muito menos alíquotas a serem praticadas por eles.

O descredenciamento dos comércios locais deveu-se exclusivamente por insatisfação com a alíquota cobrada pela Real Card, tendo a prefeitura cumprido integralmente com suas obrigações contratuais, tanto que o crédito foi devidamente realizado para todos os servidores em maio e junho.

A Secretaria de Administração lamenta o ocorrido, mas tem tranquilidade em afirmar que as ações que a ela competem foram tomadas e assim continuará até que cada servidor tenha em conta o valor que lhe é de direito.