Um dos assuntos abordados foi a concentração do atendimento a pacientes suspeitos e confirmados no Hospital de Campanha, que manterá seus nove leitos de UTI. Outros pontos da saúde pública no município também foram abordados

A saúde pública municipal esteve em pauta na edição dessa segunda-feira (11) do “De Tudo um Pouco”, programa da Rádio 98,3 FM. Os jornalistas Mateus Alves e Guilherme Camargos entrevistaram a secretária Ana Carolina Magalhães Caixeta, que, na atual gestão, responde pelo setor. Na oportunidade, ela esclareceu pontos sobre o planejamento para concentrar atendimento e tratamento relativos à Covid-19 no Hospital de Campanha. A mudança, com data marcada para fevereiro, implica transferir os serviços hoje prestados na instalação anexa à UPA para a unidade estruturada no Centro Clínico da Avenida Marabá.

Quanto a esse assunto, a secretária de Saúde explicou que a decisão inclui também otimizar a estrutura já existente no Hospital de Campanha de modo a permitir investimentos no segundo momento de enfrentamento ao coronavírus: a vacinação. Assim, depois de analisar a ocupação da unidade de junho até o momento, entendeu-se que os leitos clínicos podem ser reduzidos de 32 para 23, número que mantém margem segura para atendimento à população. Ana Carolina ressaltou que as nove UTIs já existentes serão mantidas, ou seja, não haverá redução de leitos para casos graves.     

Durante sua participação no programa de rádio, a titular da Saúde também respondeu perguntas sobre outros temas, como vacinação de Covid-19 em Patos de Minas, Protocolo de Manchester (adotado na UPA), fila para cirurgia ortopédica. A entrevista completa está disponível no Facebook da Rádio Clube 98,3 FM (assista clicando aqui).