Eventos descumpriam várias medidas do protocolo sanitário para eventos, uma delas reunir público acima de cem pessoas

A fiscalização segue atuando para conter o descumprimento dos comportamentos que facilitam a transmissão do coronavírus, mas parte da população continua indiferente ao preocupante cenário da pandemia em Patos de Minas. Tanto é verdade que duas festas realizadas em chácaras foram encerradas no último fim de semana porque desrespeitavam normas sanitárias para realização de eventos instituídas pelo Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19. 

O protocolo estabelece, por exemplo, o limite de cem pessoas em eventos promovidos em locais abertos, e cada uma das festas reuniam cerca de 300 adolescentes e jovens. Uma das chácaras fica nas imediações do Posto Cometa (MGT-354) e a outra próximo ao Posto Patão (BR-365). Os fiscais, acompanhados da Polícia Militar, chegaram aos dois locais por meio de mensagens enviadas via Patos Conectado (patosconectado.com.br). O canal recebeu 15 denúncias durante o plantão de 10 a 13 de dezembro. Desse total, a fiscalização conseguiu averiguar 12, notificando bar, restaurante e padarias. 

“É natural que não conseguiremos conter todos os abusos, mas nossa fiscalização está empenhada em reduzir as chances de o coronavírus se propagar ainda mais. Esse mesmo esforço deveria ocorrer nas cidades vizinhas, pois, em algumas delas, temos visto festas para centenas de pessoas ocorrerem aos olhos de todos. Lembremos que os doentes graves vão buscar atendimento em Patos de Minas, e o Hospital Regional não está admitindo pacientes na ala Covid-19”, alertou o secretário municipal de Saúde, Carlos Rezende.