Esta semana, estão sendo vacinados demais trabalhadores da saúde; com a chegada de novas doses, começa-se a atender também idosos com mais de 90 anos

Até a última segunda-feira (8), 5.400 pessoas já haviam recebido pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19 em Patos de Minas. Esse número compreende 159 idosos residentes em instituições de longa permanência (sendo que todos já receberam a segunda dose) e 5.241 trabalhadores dos serviços de saúde (dos quais 1.800 receberam a dose complementar). Esses dois públicos são considerados prioritários pelo Governo federal. 

Segundo o Plano Nacional de Imunização (PNI), trabalhador da saúde compreende:

-profissionais da área (médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares);

-trabalhadores de apoio que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais (recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros); 

-profissionais que atuam em cuidados domiciliares (cuidadores de idosos, doulas/parteiras);

-funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados. 

-acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios.

Dessa forma, todas as pessoas que exercem alguma dessas funções devem cadastrar-se na plataforma digital da prefeitura para receber a vacina contra Covid-19. A aplicação será agendada por meio do telefone e e-mail informados pelo usuário. 

! Clique aqui e acesse a versão completa do PNI. 

Sequência – A primeira remessa enviada ao município foi destinada a idosos residentes em instituições de longa permanência e a trabalhadores da saúde que atuam diretamente no atendimento/tratamento a pacientes com a doença (linha de frente). A partir da segunda remessa, começaram a ser atendidos demais trabalhadores da saúde, inclusive já se está seguindo a lista de cadastros realizados na plataforma digital oferecida pela prefeitura. 

O Governo de Minas Gerais anunciou que a terceira remessa de vacinas chega a Patos de Minas na quinta-feira (11), mas ainda não foi informada a quantidade exata. Com essas novas doses, a Secretaria de Saúde local começa a aplicar o imunizante em idosos, e, seguindo recente orientação do Governo de Minas Gerais, os primeiros a receber as doses serão os maiores de 90 anos. O início ocorre ainda esta semana. 

A prioridade dentro do público idoso é estratificada por idade, devendo-se seguir a ordem do mais velho para o mais novo (veja imagens abaixo). Na plataforma oferecida pela prefeitura, é possível selecionar os cadastrados por idade e, dentro dessa seleção, será seguida a ordem em que os cadastramentos foram efetivados. Ou seja, o idoso com 90 anos ou mais que se inscreveu primeiro será vacinado primeiro. Até o fim da noite desta terça-feira, o sistema de cadastramento registrava 567 pessoas com 90 anos ou mais.

!! Clique aqui e acesse a versão completa da Deliberação CIB-SUS/MG Nº 3.314, que estratifica e ordena a imunização dos grupos prioritários contra Covid-19 no Estado de Minas Gerais.

Perguntas e respostas – A Secretaria de Saúde de Minas Gerais respondeu as dúvidas mais frequentes sobre a vacinação contra Covid-19. Essas e outras informações podem ser acessadas no site vacinaminas.mg.gov.br.