Secretaria de Planejamento está atualizando o projeto da obra, uma vez que a primeira parte da canalização ocorreu há cerca de dez anos

A importância de terminar a canalização da Avenida Fátima Porto volta à tona depois de o Córrego do Monjolo transbordar novamente no último sábado (5/2), data em que Patos de Minas foi atingida por forte temporal, com precipitação de 41mm. Em vídeo abordando o ocorrido, o prefeito Luís Eduardo Falcão destacou que a obra será executada, como já havia sido anunciado pela atual gestão. 

A Secretaria Municipal de Planejamento já trabalha nesse sentido. “À época foi elaborado projeto completo da obra, mas ela não foi realizada em toda a extensão da via. Devido ao decurso de prazo de sua elaboração, cerca de dez anos, e à alteração da norma de cálculo estrutural NBR 6118, estamos revisando o projeto e atualizando a planilha orçamentária”, explica o secretário municipal de Planejamento, Hamilton Francisco. 

A previsão para entregar o projeto revisto da canalização é março deste ano, para logo em seguida iniciar a licitação. “É uma obra grande, cujo investimento gira em torno de R$ 20 milhões. É, sim, prioridade para a nossa gestão, e vamos executá-la. Os R$ 7 milhões de indenização da Vale destinados ao município serão empregados nesse projeto, havendo também recursos próprios”, complementa o prefeito Falcão.  

  • Assista aqui ao vídeo completo.