Milhares de famílias serão beneficiadas com regularização fundiária em distritos e área urbana

O Plano Municipal de Regularização Fundiária ganha fôlego especial a partir de convênio celebrado com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico no valor superior a  R$ 900 mil. Serão contemplados 1.895 domicílios nos distritos de Alagoas, Bom Sucesso, Chumbo (Areado), Major Porto, Pilar e Pindaíbas, além de 761 domicílios nos bairros Antônio Caixeta, Bela Vista, Cristo Redentor, Padre Eustáquio e Santa Terezinha.

A ordem de serviço foi assinada nesta quinta-feira (26/5) pelo prefeito Luís Eduardo Falcão, com a presença de representantes da Versaurb Geoinformação, Engenharia e Arquitetura, vencedora do certame para execução dos trabalhos. A expectativa é entregar as mais de 2.600 escrituras ainda este ano, lembrando que as secretarias de Planejamento e Desenvolvimento Social continuam as atividades já em andamento em Santana de Patos, Sertãozinho, Jardim Esperança e Lagoinha.  

Presente na assinatura da ordem de serviço, o diretor municipal de Regularização Fundiária, Elias Perpétuo Saraiva, destacou que os benefícios vão além da entrega de escrituras, pois englobam ações para criar a identidade urbanística dos locais atendidos. “Além do sentimento de pertencimento proporcionado a quem recebe o título oficial da propriedade, há muitos ganhos socioeconômicos, por exemplo com melhorias na pavimentação, na iluminação”, explicou.  

“Eu estava ansioso para assinar essa ordem de serviço e ter mais pessoas beneficiadas com esse trabalho. Do ano passado até o mês de março de 2022, foram entregues 278 escrituras a proprietários de imóveis, propiciando a eles segurança jurídica. Outros cerca de 300 títulos já haviam sido entregues em anos anteriores. Agora teremos grande salto nesses números”, comentou o prefeito Falcão.