Durante a solenidade foi inaugurado também o ponto de atendimento do SAD

A saúde em Patos de Minas ganhou mais um reforço este ano: o Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) – Melhor em Casa. O programa, que oferece atendimento a pessoas com dificuldades temporárias ou definitivas de sair de casa, está em funcionamento desde o mês de abril e foi oficialmente inaugurado na última sexta-feira (11). Patos de Minas é o primeiro município da macrorregião a implantar o serviço, atualmente formado por três equipes, totalizando 17 profissionais.

Durante a solenidade, realizou-se também a entrega oficial das instalações do Ponto de Atendimento do Serviço de Atenção Domiciliar “Divino Bernardes Dias”. O prédio recebeu essa denominação por meio de indicação de projeto de lei elaborado pelo vereador Lásaro Borges de Oliveira num gesto de homenagem ao senhor Jovino (como era conhecido), que foi um dos primeiros moradores do Bairro Alvorada.

Segundo o prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves, a implementação do Melhor em Casa é mais uma das iniciativas do Executivo municipal para melhorar a saúde em Patos de Minas. “O programa está em pleno funcionamento, e dezenas de pessoas já foram beneficiadas. Isso nos traz enorme satisfação, pois sabemos que esse serviço é fundamental para inúmeros pacientes que não têm condições de ir a um hospital ou a uma unidade de saúde”, destacou, acrescentando: “Embora tenha sido criado pelo Governo federal, o êxito desse trabalho dá-se devido ao comprometimento da equipe envolvida nele. Em outras palavras, é a ação efetiva dos profissionais da saúde que torna esse serviço realmente eficaz”.

Para a coordenadora do Melhor em Casa, Nathália Silva Gomes, por meio do programa leva-se mais dignidade às pessoas que precisam de atendimento multiprofissional e que possuem alguma restrição de locomoção, impedindo-as de ir até a USF de referência. De acordo com ela, “esse serviço humaniza o tratamento de saúde, pois todas as peculiaridades dos pacientes e do ambiente são consideradas no planejamento do cuidado. Além do fato de que a permanência no domicílio favorece a recuperação e reduz a chance de infecções”. Ela ainda ressaltou: “O Melhor em Casa ultrapassa o cuidado com o paciente, estendendo-se às famílias que também costumam ficar fragilizadas”.

Presenças – A cerimônia contou com a presença do prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves, de secretários municipais, da diretora da Atenção Básica, Raquel Lopes da Silva, e da coordenadora do Melhor em Casa. Além dos servidores que atuam no SAD, estiveram presentes familiares do senhor Jovino e o vereador Lásaro Borges.

Serviço de Atendimento Domiciliar – Com a finalidade de ampliar o atendimento domiciliar do SUS, o SAD leva atendimento multiprofissional às casas de pessoas com necessidade de reabilitação motora e/ou respiratória, pacientes com condições agudizadas sem agravamento ou em situação pós-cirúrgica. A proposta é constituir Equipes Multiprofissionais de Atenção Domiciliar (EMAD) compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas, podendo-se incorporar outros colaboradores, como assistente social, farmacêutico, psicólogo e nutricionista (membros da Equipe Multiprofissional de Apoio – EMAP). 

Com o slogan “A segurança do hospital no conforto do seu lar”, o serviço oferece tratamentos de média e alta complexidade na residência do paciente. Em Patos de Minas, desde a implantação do programa, 147 pacientes foram admitidos. Desse total, houve 109 altas (incluindo melhoras clínicas, altas administrativas, internações e óbitos). Atualmente 38 pacientes estão ativos, mas mensalmente são atendidas, em média, 60 pessoas.