As Unidades de Saúde da Familia (USF) são a porta de entrada preferencial do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo desses postos é atender até 80% dos problemas de saúde da população, sem que haja a necessidade de encaminhamento para outros serviços, como emergências e hospitais.

Os profissionais do Mais Médicos atuam nas UBSs e compõem as equipes de saúde da família com enfermeiros, dentistas e agentes de saúde. Eles são, em sua maioria, especialistas em medicina de família e comunidade. Aqueles que ainda não o são fazem, assim como os demais, um curso de especialização em saúde da família .

O médico de família tem uma formação ampla e integrada, que prepara o médico para fazer o atendimento de crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, homens e mulheres, sendo capaz de resolver cerca de 80% dos motivos que levam as pessoas a procurar um médico. 

Com o intuito de facilitar o acesso da população aos serviços de saúde na Atenção Básica, o programa prevê que as unidades que aderirem à proposta ampliem seus horários de atendimento para funcionamento entre 60h e 75h semanais. Estas unidades estão capacitadas a realizar diversos procedimentos visando melhorar a resolutividade dos tratamentos de saúde da população.

Unidades com atendimento das 7h às 19h. 

Secretaria Municipal de Saúde

Rua Ana de Oliveira, 645, Centro
Patos de Minas/MG
CEP: 38700-006

USF JARDIM ITAMARATI

34 3822-9620

AV. TOMAZ DE AQUINO – 2310

USF PADRE EUSTÁQUIO

34 3822-9628

R. BARIRIS – 338

USF SEBASTIÃO AMORIM

34 3822-9634

R. DEUSDETE AMARO TEIXEIRA – 38

USF NOVA FLORESTA

USF FLORESTA

34 3822-9627

PÇ. LEÃO TOLENTINO DE CASTRO

unidades com atendimento de 7h às 17h

alto colina

34 3822-9894

RUA ZULMIRA VIEIRA – 595

alto limoeiro

34 3822-9894

RUA ZULMIRA VIEIRA – 595

alvorada

34 3822-9899

R. MODESTO MARQUES FERREIRA – 540

brasil

34 3822-9630

PRAÇA 07 DE SETEMBRO – 85

gramado

34 3822-9637

RUA TEODOMIRO CAIXETA, 538

guanabara

34 3822-9896

RUA ZULMIRA VIEIRA – 595

jardim esperança

34 3822-9626

AV. JOÃO MARQUES DE QUEIROZ, 773

jardim panorâmico

34 3822-9869

R. JOÃO JOSÉ ALEXANDRE – 290

jardim paraíso

34 3822-9701

R. MARECHAL RONDON – 1164

novo horizonte

34 3822-9633

R. JOÃO CARLOS DA CUNHA – 795

várzea

34 3822-9817

R. JOAQUIM GUIMARÃES MAIA – 42

Distritos e comunidades – 12h às 18h

alagoas

34 3825-2469

areado

34 3820-6121

Bonsucesso

34 3815-0112

major porto

34 3820-7122

pilar

34 3812-4133

pindaíbas

34 3820-8115

santana de patos

34 3820-9118

Notícias

Covid-19: liberada quarta dose para 30 anos ou mais

Covid-19: liberada quarta dose para 30 anos ou mais

A Prefeitura de Patos de Minas, por meio da Secretaria de Saúde, ampliará para 30 anos ou mais a faixa etária apta a receber a quarta dose da vacina contra a Covid-19. Embora os casos na cidade não tenham, até o momento, apresentado crescimento nem ocasionado reflexo no número de leitos ocupados, o órgão busca, com a decisão, fortalecer a principal medida para enfrentar o coronavírus: a vacinação.

PMCD divulga resultado do LIRAa

PMCD divulga resultado do LIRAa

O Programa Municipal de Combate à Dengue realizou o quarto LIRAa de 2022, que apontou médio risco de infestação predial por Aedes aegypti em Patos de Minas (índice 1,5). Os dados foram coletados de 25 a 27 de outubro em todos os bairros da cidade, totalizando 4.027 imóveis visitados.

UPA terá gestão compartilhada com o Cisalp

Além de estar reformando a Unidade de Pronto Atendimento, situada no Jardim Peluzzo, a Secretaria Municipal de Saúde tem buscado alternativas para aperfeiçoar o atendimento no local. Pensando nisso, a pasta estabeleceu parceria com o Consórcio Público de Saúde Intermunicipal do Alto Paranaíba para gestão compartilhada da UPA a partir de novembro. A proposta foi formalizada no último dia 11 durante assembleia extraordinária do Cisalp.

Encontro intersetorial orienta sobre rede de atendimento a mulheres vítimas de violência

Cerca de 200 pessoas participaram, na manhã desta sexta-feira (26/8), do II Encontro de Práticas Intersetoriais: Vigilância em Saúde e Atenção Básica, cujo tema foi a prevenção da violência sexual, física e mental contra a mulher. O objetivo principal foi orientar os profissionais presentes quanto ao fluxo de atendimento às vítimas, fortalecendo a rede de apoio.