A Farmácia Municipal trabalha atualmente com 128 medicamentos, dos quais 121 estão disponíveis no momento (94,5%). Portanto são sete medicamentos em falta (4,5%):

  • Amoxicilina susp.
  • Dexclorfeniramina comp. 2mg
  • Dexclorfeniramina xpe.
  • Diclofenaco comp. 50mg
  • Dipirona comp. 500mg
  • Ibuprofeno solução oral (gotas)
  • Salbutamol 100 inal. aer.

A falta dessas medicações deve-se, única e exclusivamente, pela dificuldade de entrega por parte dos fornecedores. A licitação ocorreu com sucesso, e o setor de Compras fez o empenho de todas elas no início de fevereiro deste ano.

Os responsáveis da Saúde fazem contato frequentemente com as empresas de modo a acelerar a entrega dos itens faltantes. A chegada de Dipirona 500mg está prevista para muito em breve, uma vez que o fornecedor informou já ter realizado o faturamento do produto.

Vale ressaltar que a falta de medicações básicas é um problema enfrentado em todo o Brasil, inclusive na rede particular. Isso porque há indisponibilidade de matérias-primas/insumos para fabricação.

Os itens disponíveis podem ser consultados no site da Prefeitura de Patos de Minas no campo “Destaques”: