Patos de Minas deu mais um importante passo nessa segunda-feira (27/6) para trazer o tratamento oncológico novamente ao município. Trata-se da visita de técnicos do Ministério da Saúde para verificar a fase final do processo de habilitação desse atendimento. Os representantes do Governo federal foram acompanhados por membros da Superintendência Regional de Saúde e por equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde.

Esse processo de habilitação é extremamente minucioso e passa por várias etapas: pactuações em reuniões macrorregionais e estaduais, aprovação estadual, análises pela equipe técnica do Ministério da Saúde e, por fim, a visita para verificação das informações. A Portaria Nº 1.399, de 17/12/2019, redefine os critérios para a habilitação de estabelecimentos de saúde na alta complexidade em oncologia no âmbito do SUS e exige que a quimioterapia esteja dentro de um hospital geral, podendo a radioterapia estar em local separado.

Portanto a vistoria foi realizada na Santa Casa de Misericórdia de Patos de Minas, que é um hospital filantrópico, 100% SUS, com plena capacidade de atender os pacientes em cirurgias, consultas e exames oncológicos pactuados e também de ofertar o serviço de quimioterapia. Também foi feita a visita na Clínica AZ do Noroeste, para habilitação em radioterapia.

“Estamos confiantes que, nas próximas semanas, teremos boas notícias. Desde 2019 nossos pacientes precisam sair da cidade para o tratamento oncológico. Não queremos mais isso! Se Deus quiser, colocando sempre os pacientes em primeiro lugar, conseguiremos trazê-los para perto de casa e de suas famílias”, disse o prefeito Luís Eduardo Falcão. Ele recebeu as equipes em seu gabinete e acompanhou as visitas.