Notícias

13/11/2017 - “Menina” voltará a compor o Monumento em homenagem a Olegário Dias Maciel

Mão da menina foi restaurada e a recolocação da peça no monumento será amanhã às 19 horas


O monumento ao Olegário Maciel voltará a ficar completo amanhã (14). É que a “menina” que fazia parte da obra de arte havia sido removida para restauração da mão que segura as flores. A reinstalação da peça será feita às 19 horas desta terça-feira, na Avenida Getúlio Vargas.

O Monumento em homenagem a Olegário Dias Maciel, ex-presidente da província de Minas Gerais, é um bem integrado à Avenida Getúlio Vargas e tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural, por meio do Decreto Municipal nº 2.068, de 22 de maio de 1998. Ele foi colocado na Avenida Getúlio Vargas após a morte do político, em 1933 e está localizado em lugar estratégico, à frente da residência de Olegário, hoje Museu da Cidade, e também da Escola Estadual Professor Antônio Dias Maciel, o Colégio Normal, cujo prédio foi construído durante sua gestão como presidente de Minas Gerais, de 1930 a 1933.

Há mais de seis anos o monumento foi danificado. Parte dele, a “menina”, que fica à frente da estátua maior, o Olegário, foi descolada e então guardada no Museu da Cidade. Além disso, teve sua mão trincada, com risco de deslocamento definitivo. Uma iniciativa da Diretoria de Igualdade Racial, Memória e Patrimônio Cultural (Dimep), em parceira com o Conselho Deliberativo de Patrimônio Histórico e Cultural (Condepahc) e o Ministério Público – Curadoria do Patrimônio Cultural (MPMG), encontrou a solução.

Provocado pelo Condepahc, o MPMG destinou parte de uma multa a proprietário que demoliu imóvel inventariado sem análise e autorização do Conselho para custear a restauração do referido monumento, colando a mão e recolocando a “menina” no monumento maior.

O trabalho de restauração foi realizado no dia 10 com solda em toda a circunferência do braço da escultura e acabamento de polimento no local da intervenção. Ele será concluído no dia 14 de novembro, com a colocação da “menina” no monumento maior, utilizando diversos materiais para fixação da peça.

Durante a reinstalação da peça no monumento, a diretoria espera receber no local alunos das escolas estaduais Marcolino de barros e Antônio Dias Maciel - Normal para acompanharem o processo e conhecer um pouco mais da história de Patos de Minas, da avenida Getúlio Vargas e, por sua vez, do monumento.

Para o diretor da Dimep, Geenes Alves, “restaurar o monumento e reintegrá-lo ao seu local de origem é uma ação respeitosa e de valorização do patrimônio cultural de Patos de Minas, sobretudo por que visa a ‘recompor’ e preservar a memória histórica da cidade”.
 




OUTRAS NOTÍCIAS

Consultoria entrega relatório da primeira fase da Reforma Administrativa

veja mais

Hoje é Quinta! Saiba a previsão do tempo em Patos de Minas

veja mais

Educadores relatam experiências com metodologias de ensino no “Tecendo Vivências”

veja mais

Encerradas as reuniões com as secretarias e órgãos municipais sobre a Reforma Administrativa

veja mais

Semana Interna de Prevenção a Acidentes de Trabalho da Prefeitura é aberta

veja mais

Moradores do bairro Lagoinha participam de evento de conscientização do Novembro Azul

veja mais

Procon realiza ação educativa para evitar prejuízo ao consumidor na Black Friday

veja mais

Com apoio da Prefeitura, será realizada mais uma apresentação do “Terra Sem Sombra”

veja mais

Prefeitura continua os serviços de roçada e capina nos canteiros da avenida Ivan Borges

veja mais


   VOLTAR