Notícias

13/11/2017 - “Menina” voltará a compor o Monumento em homenagem a Olegário Dias Maciel

Mão da menina foi restaurada e a recolocação da peça no monumento será amanhã às 19 horas


O monumento ao Olegário Maciel voltará a ficar completo amanhã (14). É que a “menina” que fazia parte da obra de arte havia sido removida para restauração da mão que segura as flores. A reinstalação da peça será feita às 19 horas desta terça-feira, na Avenida Getúlio Vargas.

O Monumento em homenagem a Olegário Dias Maciel, ex-presidente da província de Minas Gerais, é um bem integrado à Avenida Getúlio Vargas e tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural, por meio do Decreto Municipal nº 2.068, de 22 de maio de 1998. Ele foi colocado na Avenida Getúlio Vargas após a morte do político, em 1933 e está localizado em lugar estratégico, à frente da residência de Olegário, hoje Museu da Cidade, e também da Escola Estadual Professor Antônio Dias Maciel, o Colégio Normal, cujo prédio foi construído durante sua gestão como presidente de Minas Gerais, de 1930 a 1933.

Há mais de seis anos o monumento foi danificado. Parte dele, a “menina”, que fica à frente da estátua maior, o Olegário, foi descolada e então guardada no Museu da Cidade. Além disso, teve sua mão trincada, com risco de deslocamento definitivo. Uma iniciativa da Diretoria de Igualdade Racial, Memória e Patrimônio Cultural (Dimep), em parceira com o Conselho Deliberativo de Patrimônio Histórico e Cultural (Condepahc) e o Ministério Público – Curadoria do Patrimônio Cultural (MPMG), encontrou a solução.

Provocado pelo Condepahc, o MPMG destinou parte de uma multa a proprietário que demoliu imóvel inventariado sem análise e autorização do Conselho para custear a restauração do referido monumento, colando a mão e recolocando a “menina” no monumento maior.

O trabalho de restauração foi realizado no dia 10 com solda em toda a circunferência do braço da escultura e acabamento de polimento no local da intervenção. Ele será concluído no dia 14 de novembro, com a colocação da “menina” no monumento maior, utilizando diversos materiais para fixação da peça.

Durante a reinstalação da peça no monumento, a diretoria espera receber no local alunos das escolas estaduais Marcolino de barros e Antônio Dias Maciel - Normal para acompanharem o processo e conhecer um pouco mais da história de Patos de Minas, da avenida Getúlio Vargas e, por sua vez, do monumento.

Para o diretor da Dimep, Geenes Alves, “restaurar o monumento e reintegrá-lo ao seu local de origem é uma ação respeitosa e de valorização do patrimônio cultural de Patos de Minas, sobretudo por que visa a ‘recompor’ e preservar a memória histórica da cidade”.
 




OUTRAS NOTÍCIAS

Confira a previsão do tempo para esta sexta-feira e para o fim de semana em Patos de Minas

veja mais

Com bom público, Encontro dos Profissionais de Meio Ambiente das Empresas do Alto Paranaíba é realizado em Patos de Minas

veja mais

Conselho Municipal dos Direitos das Crianças e Adolescentes divulga retificação do Chamamento Público 01/2018

veja mais

Assim como a Praça Abner Afonso, Orla da Lagoa receberá termômetro e relógio digital

veja mais

Vistoria nas obras de cercamento para conservação e preservação de nascentes no distrito de Pindaíbas é realizada

veja mais

Prefeitura instala placas de identificação de ruas e avenidas em braços de semáforos da cidade

veja mais

Oficinas sobre temas relacionados ao Mercado de Trabalho são realizadas pelo Programa Acessuas Trabalho

veja mais

Confira a previsão de tempo para esta quinta-feira

veja mais


   VOLTAR