Notícias

09/02/2018 - Plano Municipal de Contingência de Doenças Transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti é aprovado em reunião do Conselho Municipal de Saúde

Após a apresentação das ações, o plano foi aprovado pelo CMS por unanimidade


Foi realizada pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS) nessa semana uma reunião para apresentaras ações do Plano Municipal de Contingência de Doenças Transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti e outros assuntos. A apresentação do plano ficou a cargo da coordenadora do Programa Municipal de Combate à Dengue (PMCD), Sueli Maria.

Durante a apresentação foi mostrado o objetivo do plano, que de acordo com Sueli Maria, é controlar os índices de infecção das doenças e a infestação do mosquito no município e, ainda, garantir o acesso da populaçãoao tratamento adequado. Foramtratadas também as ações da equipe para prevenção, como aplicação de inseticida e larvicida pelos agentes e pela moto fog, o fornecimento de sombrites, os mutirões de limpeza, o fornecimento de peixinhosGuppy e limpeza das guaritas de ônibus.

Ainda de acordo com Sueli Maria, o plano fala sobre o histórico da infestação de doenças pelo Aedes aegypti, mostra os dados dos últimos anos e fala também das formas preventivas. Além disso, mobiliza toda a população frente ao combate à proliferação do mosquito e mostra a redução considerável no número de casos das doenças transmitidas por ele no ano de 2017. “Graças ao trabalho da equipe de agentes de combate às endemias, juntamente com a população, o número de pessoas infectadasreduziu”, disse a coordenadora do PMCD.

Durante a apresentação do plano alguns conselheiros perguntaram quais seriam as ações mais eficazes para que se evitem epidemias,O controle é feito em imóveis mais propícios à proliferação das larvas do mosquito, como é o caso do bairro Jardim Paulistano, onde se encontra uma grande quantidade de ferros-velhos. “Todos os imóveis são cadastrados e chamados de pontos estratégicos, e são vistoriados a cada quinze dias”, informou Sueli Maria.

Ao final da apresentação, foi ressaltada pela coordenadora do PMCD a importância do serviço prestado pelo agente de endemias e a colaboração da população para o controle da infestaçãodo mosquito transmissor da dengue, zikavírus, febre amarela e chikungunya. Após a apresentação das ações, o plano foi aprovado pelo CMS por unanimidade.
 
OUTRAS NOTÍCIAS

Primeira etapa de implantação da Nova Zona Azul terá 17 ruas e avenidas com cerca de 200 vagas para carros e motos

veja mais

Superintendentes Estadual e Regional e Gerente de Relacionamento do Banco do Brasil realizam visita à Prefeitura

veja mais

Orla da Lagoa ganha base comunitária da PM e ciclopatrulha em ação com apoio da Prefeitura

veja mais

Serviço de Inspeção Municipal promove II Treinamento em Boas Práticas de Fabricação para açougueiros

veja mais

Programação Cultural deste fim de semana traz peças teatrais, filmes e música ao vivo

veja mais

Novos membros da Defesa Civil e do Comitê Cidade Resiliente serão empossados na próxima quarta-feira

veja mais

Confira a previsão do tempo para esta sexta-feira e para o fim de semana em Patos de Minas

veja mais

Fechado desde maio 2015, prédio da Antiga UPA volta a funcionar com tratamentos de reabilitação e oferta de equipamentos de promoção à saúde

veja mais


   VOLTAR