Notícias


24/03/2020 - Prefeitura publica novo decreto com especificações sobre serviços essenciais

Para tornar mais efetivas as ações de contenção do coronavírus, a norma traz, de forma detalhada, os bens e serviços considerados essenciais e altera algumas regras determinadas nos decretos anteriores

Em novo decreto editado nessa segunda-feira (23), a Prefeitura de Patos de Minas especifica mais detalhadamente quais bens e serviços são considerados essenciais e, por isso, estão autorizados a funcionar no período em que vigora a suspensão de uma série de atividades com intuito de conter o avanço do coronavírus (Covid-19). Além disso, o texto traz mudanças em relação aos decretos anteriores, como no horário de funcionamento de supermercados e agências bancárias.

Conforme o decreto (4.795), do ramo alimentício podem funcionar supermercados, comércios de hortifrutigranjeiro, açougues, padarias e armazéns. Mantêm-se fechados bares, restaurantes e lanchonetes, para os quais está liberado apenas o sistema de entrega no estabelecimento do consumidor, não sendo permitida a manutenção de porta aberta e a retirada pelo cliente (drive thru). Contudo, a permissão está acompanhada da obrigação de esses estabelecimentos adotarem as normas relativas ao distanciamento entre pessoas, higienização e demais medidas de prevenção à saúde pública.

Também entram em serviços essenciais, por exemplo, postos de combustíveis, hospitais e clínicas médicas; oficinas mecânicas de veículos em geral; autoelétricas e serviços de manutenção de veículos; lojas de petshop (somente em regime de táxi-dog); transportadoras; transporte público; lojas de produtos agropecuários; comércio de produtos de limpeza, desinfecção de ambientes e congêneres; oficinas de reparos e manutenção de máquinas e implementos agrícolas; chaveiros; borracharias e bicicletarias; lojas de produtos alimentícios e de suplementação em geral.

Suspensão - Além das atividades já previstas nos decretos anteriores, estão proibidos de abrir as portas até 31 de março: lava-jatos, inclusive os que funcionam conjuntamente a outras atividades, como postos de combustível; atividades fabris de móveis em geral; atividades de tatuagem e colocação de piercing.

Mudanças - A nova norma traz alterações quanto ao horário de funcionamento de agências bancárias, que até 31 de março devem atender três horas por dia, das 12h às 15h. Os supermercados tiveram o horário de atendimento estendido até as 22h de segunda-feira a sábado; aos domingos podem abrir até 12h. O parágrafo 11 do artigo primeiro traz recomendações específicas para as padarias, como a proibição de consumo no interior do estabelecimento.

Outra novidade do decreto é que estabelecimentos industriais, de serviços e comerciais que não suspenderem suas atividades, em razão de não imposição das autoridades, devem adotar o sistema de rodízio de funcionários e as demais normas de controle e prevenção da contaminação e disseminação do coronavírus, como número de pessoas presentes no estabelecimento e ambientes (inclusive funcionários) e distanciamento de filas.

Para conhecer todas as determinações estabelecidas pelo Decreto 4.795, clique aqui.
 
OUTRAS NOTÍCIAS

Prefeito e entidades se reúnem para discutir reabertura do comércio

veja mais

Prefeitura acompanha caso de morte de idoso com insuficiência respiratória

veja mais

Cerca de 12 mil pessoas foram vacinadas contra a gripe em Patos de Minas até o momento

veja mais

Prefeitura contrata médicos para reforçar trabalho de combate ao coronavírus

veja mais

Governo federal lança nova plataforma para atualização de dados sobre coronavírus

veja mais

Combate ao Covid-19: decreto autoriza município a receber doação de recurso material e alimento

veja mais

Combate ao Covid-19: Gesat orienta servidor municipal de como se prevenir no trabalho

veja mais

Vacinação contra gripe é retomada nessa sexta-feira em Patos de Minas

veja mais


   VOLTAR