Atenta aos impactos que o isolamento social pode causar, a Semed promove discussão acerca dos sentimentos despertados neste momento em que se vive uma “nova normalidade”

A repentina desaceleração na rotina de grande número de pessoas, forçada pelas medidas de enfrentamento à proliferação do novo coronavírus, tem influenciado a forma que a sociedade vive e as relações humanas, provocando, assim, inúmeras emoções. Os impactos são diversos, cabendo a cada um posicionar-se diante dessa nova realidade. É dentro desse contexto que a Secretaria Municipal de Educação promove, nessa terça-feira (9), a live “Nossas emoções em tempo de isolamento social”. A palestra virtual será transmitida a partir das 9 horas.

Conduzida pela psicóloga clínica e professora Joana Darc dos Santos, a live será transmitida por meio do canal do YouTube Psicóloga Joana Darc, que pode ser acessado pelo link https://cutt.ly/ByLlGeZ. O principal objetivo da palestra, cujo público-alvo são os profissionais da rede municipal de ensino, é, além de tratar dos sentimentos despertados pelo atual contexto vivenciado pela sociedade, identificar recursos e possibilidades de superação. Em outras palavras, a discussão abordada pela psicóloga visa suscitar um movimento de esperança e equilíbrio emocional apesar das dificuldades surgidas após a pandemia.

Mestre em Ciências da Saúde pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Joana Darc é professora do Centro Universitário de Patos de Minas (Unipam), onde atua nos cursos de Psicologia, Enfermagem, Fisioterapia e Nutrição. Psicóloga e fundadora do Instituto Freudiano de Patos de Minas, a palestrante possui experiência também na área de Psicanálise, com ênfase na prevenção de suicídio e tratamento da depressão e luto.

Desafios da Educação em tempo de pandemia – O tema, abordado em live promovida no dia 26 de abril, fez parte da primeira ação desenvolvida pela Semed para oferecer aos seus profissionais discussões relevantes e contextualizadas em formato que, até o momento, não tinha sido utilizado pela pasta. Durante a transmissão, a palestra virtual chegou a ter mais de 600 visualizações instantâneas. 

Nesse primeiro momento, o objetivo foi trazer à tona reflexões acerca da atuação docente e do novo papel do professor frente à nova realidade em que estamos inseridos. A professora do Unipam Adriene Stéffane Silva, ministrante da palestra, tratou da mediação tecnológica como ferramenta para a prática educativa, apresentando exemplos práticos para ilustrar sua fala.