Está prevista outra etapa de limpeza na região do parque localizada no Bairro Vila Rosa 

A Diretoria de Meio Ambiente, em ação integrada com a Vigilância em Saúde do município, realizou, nesta sexta-feira (19), limpeza da área do Parque Ecológico do Rio Paranaíba no Bairro Jardim Paulistano. No local, foi recolhida grande quantidade de lixo doméstico, sacolas plásticas, latas, garrafas e pneus. Todo esse material, além de sujar a região, serve de criadouro do mosquito Aedes aegypti.

A iniciativa esteve voltada não apenas para o mutirão de recolhimento dos materiais inservíveis, sendo realizado também trabalho de educação ambiental com moradores do bairro. Servidores da Diretoria de Meio Ambiente e agentes de combate a endemias entregaram à população do entorno panfletos educativos e orientaram sobre o descarte correto do lixo. 

Segundo a coordenadora de Parques e Áreas Verde, Sophia Vieira, “a destinação adequada do lixo evita que ele seja arrastado para o interior do parque, poluindo a região”. Ela também ressaltou que a população pode ajudar a preservar o local, que  ainda está em fase inicial, pois as áreas verdes proporcionam momentos de lazer e oferecem conforto térmico para a região.

Para a coordenadora do Programa Municipal de Combate à Dengue, Daniele Cristine Nunes, é importante que a comunidade esteja atenta à formação de possíveis focos do Aedes Aegypti. “A ação realizada na manhã de hoje identificou foco de dengue no local, o que reforça a necessidade de todos colaborarem para impedir que a área de preservação ambiental seja utilizada para descarte de materiais inservíveis.”

Há previsão de que a região do parque situada no Bairro Vila Rosa também receba, em breve, o trabalho de limpeza. Vale destacar, contudo, que a luta contra a dengue é diária e que a colaboração popular é essencial para impedir a proliferação dessa doença.