Até o fim da tarde de hoje, unidade tinha três pacientes na sala de estabilização

Cento e dez pessoas já foram assistidas no Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19 desde a manhã dessa segunda-feira (22), quando a estrutura foi oficialmente apresentada pela Secretaria Municipal de Saúde. Instalada anexa à UPA, no Bairro Jardim Peluzzo, a unidade tinha, até o fim desta tarde, três pacientes na sala de estabilização, com quadro clínico estável, e nenhum intubado.

O balanço da ocupação foi repassado pela gerente da UPA, Marluce de Fátima Vieira. Segundo ela, desde ontem também há pacientes sendo medicados no ambulatório, onde são disponibilizadas oito vagas equipadas com pontos de oxigenioterapia. O Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19 funciona no sistema de pronto atendimento, ou seja, não é necessário agendamento. 

A ala independente estruturada na UPA destina-se principalmente às pessoas com sintomas mais característicos da doença – coriza, febre, tosse e falta de ar. O anexo possui condições para receber novos leitos, e isso será feito caso haja demanda. Em situação de sintomas gripais mais leves, as UBS continuam sendo a referência para atendimento.