Documento traz orientações sanitárias para estabelecimentos, professores e alunos

A retomada de atividades aquáticas em clubes e academias está autorizada em razão da atual classificação de Patos de Minas na onda amarela do Plano Minas Consciente. Contudo, as piscinas podem funcionar apenas para aulas monitoradas, ficando proibido utilizá-las para lazer. Os estabelecimentos devem adotar uma série de cuidados, como higienizar com álcool 70%, ao fim de cada aula, corrimãos e escadas situadas no interior das piscinas. 

Essas e outras medidas atendem a exigências sanitárias para retorno seguro do segmento e estão previstas em protocolo elaborado pelo Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19. As orientações foram feitas com participação direta de profissionais da área de saúde e de esportes. O documento traz tanto orientações gerais quanto específicas para aulas com bebês e aulas de hidroginástica, com demonstrativo de como a piscina deve ser dividida em cada situação. 

O protocolo traz ainda condutas sanitárias a serem observadas diretamente por alunos e professores. Há proibição da presença de grupos de risco nas atividades, sendo eles pessoas maiores de 60 anos ou com comorbidades (por exemplo portadoras de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão e problemas cardiovasculares). Para ter acesso ao documento completo, clique aqui