Equipe da unidade trabalha para, em breve, oferecer atendimento especializado em fisioterapia respiratória

Dois cardioversores e um respirador de transporte chegaram à Secretária Municipal de Saúde esta semana. Os equipamentos, que podem auxiliar tanto no tratamento de pacientes com Covid-19 quanto em outros atendimentos, foram enviados pelo Governo de Minas Gerais. A princípio os aparelhos ficarão no Hospital de Campanha, que já colocou em funcionamento nove UTIs. Essa ala tem recebido pacientes de Patos de Minas e de cidades vizinhas, ficando com ocupação média de 30%. Somando os leitos clínicos, o hospital oferece 32 vagas.

Essa capacidade de atendimento do Hospital de Campanha terá mudança em breve. Segundo o secretário de Saúde, trata-se da transformação de dez leitos clínicos em leitos de estabilização, a partir da instalação dos respiradores já enviados pela União. Segundo o secretário de Saúde, Carlos Rezende, a pasta já trabalha para efetivar essa reestruturação, a qual amplia as condições de a unidade receber pacientes com Covid-19 que requerem suporte de ventilação artificial.

Outro projeto, também já em preparação, é a oferta de fisioterapia respiratória para pessoas acometidas pela infecção e que, após o tratamento, necessitam desse atendimento especializado. Como a Covid-19 ataca o sistema respiratório, a equipe do Hospital de Campanha viu nesse serviço possibilidade de qualificar ainda mais a assistência prestada na unidade e permitir que o paciente tenha alta o menos debilitado possível.

Um chamamento público emergencial para contratar um fisioterapeuta especializado nessa área (016/2020) está aberto até as 14h da próxima quarta-feira (9). Os interessados devem acessar o portal www.patosdeminas.mg.gov.br (Processos Seletivos) para conhecer o edital na íntegra.