Instituições que optarem pela volta ao ensino convencional devem apresentar o plano de retorno, ou seja, como será essa retomada gradual 

Em nova reunião com o prefeito José Eustáquio Rodrigues Alves, na tarde dessa quarta-feira (7), representantes de instituições do ensino superior de Patos de Minas voltaram a debater o retorno das aulas presenciais. Ficou acertada a retomada escalonada, e a previsão é que isso ocorra a partir de 19 de outubro. O Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 apresentou o protocolo sanitário específico a ser seguido pelas faculdades, documento esse que considera o cenário local e baseia-se também em recomendações de segurança dos governos estadual e federal.

As instituições que optarem pela volta ao ensino convencional devem apresentar o plano de retorno, ou seja, como essa retomada gradual será organizada. O documento será avaliado e validado pelo comitê local. Coordenador desse grupo de trabalho, Célio Adriano Lopes explica: “Desde que estejamos na onda amarela do Minas Consciente, as faculdades poderão receber os primeiros alunos no dia 19 deste mês. Aquelas que oferecem graduação pela manhã, por exemplo, voltam apenas com esses cursos. No dia 26 regressa parte dos cursos noturnos, e assim gradativamente a cada sete dias”.

Ainda que a faculdade onde estuda decida oferecer aulas presenciais, o aluno tem a opção de permanecer no modelo remoto. O protocolo elaborado para o setor prevê atividades laborais ou de ensino a distância para servidor, colaborador e estudante com mais de 60 anos de idade, portador de doenças crônicas (hipertensão arterial, doenças cardiovasculares ou pulmonares, diabetes, deficiência imunológica e obesidade mórbida), em tratamento com imunossupressores ou oncológico, gestante e lactante. Responsáveis por cuidar de pessoa com suspeita ou confirmação de Covid-19 ou de vulnerável também estão nessa lista.

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU), o Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM) e a Finom permanecem com a decisão de seguir o ensino a distância até, pelo menos, o fim deste ano. 

Onda – Segundo classificação mais recente do Minas Consciente, a microrregião de Patos de Minas continuará na onda amarela do programa até o próximo dia 16. A fase a ser seguida no período de 17 a 23 de outubro – no qual se daria o início da retomada gradual das aulas presenciais no ensino superior – será definida na próxima quarta-feira (14), quando ocorre reunião do Comitê Extraordinário Covid-19, do Governo estadual. Lembra-se que, na etapa intermediária do plano, estão liberadas aulas convencionais de pós-graduação.