Pela primeira desde o lançamento do Minas Consciente, a microrregião de Patos de Minas foi classificada na onda verde do plano, a mais flexível. A orientação é para o período de 17 a 23 de outubro. Nessa fase, voltam a funcionar, por exemplo, o setor de eventos e cinemas. Restaurantes e bares também ficam permitidos a oferecer entretenimento, como música ao vivo. Segundo o site do programa, a macrorregião Noroeste também progrediu para a etapa mais avançada.

Para efetivar as liberações da fase mais flexível do plano, o Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 divulgará os protocolos a serem seguidos. “Ressaltamos que as atividades listadas na onda verde só poderão funcionar mediante o cumprimento das medidas sanitárias direcionadas a cada setor. Até a próxima sexta-feira (17), vamos publicá-las”, disse o coordenador do comitê local, Célio Adriano Lopes.

“Essa progressão no plano é motivo para comemorarmos, sem dúvida, mas não podemos esquecer que, se não cuidarmos para manter os bons índices, o retrocesso pode ocorrer a qualquer momento”, alertou Célio Lopes. Nesta quarta-feira (14), a Vigilância Municipal em Saúde, por meio da Epidemiologia, informou que 18 pacientes de Patos de Minas estão internados com Covid-19, nove deles em UTI. O total de casos positivos ultrapassa 2.500, e 66 óbitos estão confirmados.

Escolas – Pelo Minas Consciente, o ensino curricular está autorizado a oferecer aulas presenciais na fase verde. Mas, quanto a esse segmento em especial, haverá análises mais apuradas para definições específicas, assim como ocorreu em relação à educação superior. As faculdades podem voltar ao ensino tradicional, de forma escalonada, a partir do dia 19 de outubro.