Atenção Primária terá cinco equipes multiprofissionais em 2024

O cuidado multiprofissional na Atenção Primária à Saúde será ampliado em Patos de Minas a partir de janeiro de 2024. Isso porque o município conseguiu habilitação do Governo federal para implantar cinco equipes e-Multi Complementar, compostas por nutricionista, fisioterapeuta, educador físico, psicólogo e assistente social.

A proposta cadastrada pelo município foi aceita pelo Ministério da Saúde, conforme publicado na Portaria GM/MS 2.385, de 15 de dezembro de 2023. A medida garante a transferência de recursos federais para custeio desses profissionais, podendo chegar a R$ 30 mil por equipe. 

Até o momento, Patos de Minas dispõe de quatro equipes multiprofissionais ligadas ao Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf), sendo todas elas custeadas com recursos próprios do município. A partir da concessão do Ministério da Saúde, essas equipes serão transformadas em e-Multi, com o acréscimo de mais um grupo de profissionais. 

A Diretora de Atenção Básica, Jéssica Pimenta, comemora a conquista: “Com cinco equipes agora e-Multi potencializamos a resolutividade e efetividade das ações de prevenção de doenças e promoção da saúde e do bem-estar. Esse é um grande avanço para o cuidado efetivo dos patenses na Atenção Primária, porque esses profissionais desenvolvem ações importantíssimas dentro das USFs e fora delas, como em praças e quadras da cidade”.

Saúde da Família – No entanto a prefeitura quer e pode fortalecer ainda mais a Atenção Primária. Tanto é que há esforços em andamento para que o município conquiste mais   equipes de Saúde da Família, ampliando o acesso da população ao atendimento e cuidado integral de qualidade. 

Atualmente são 40 eSF em Patos de Minas, mas pode-se chegar a 79, considerando os números do Censo 2022 (159.235 habitantes). Conforme estabelece a União na Portaria 2.436/2017, o teto máximo de  equipes de Saúde da Família é obtido pela fórmula “população total/2.000”.