Canalização do Córrego do Monjolo é iniciada

Trabalhos começaram pela demolição da ponte em concreto armado situada no encontro das avenidas Piauí e Fátima Porto 

 

Durante a manhã desta quarta-feira (15/2), a ponte em concreto armado situada no entroncamento das avenidas Piauí e Fátima Porto começou a ser demolida. Uma escavadeira está sendo utilizada para remover a massa asfáltica, e a previsão é que a equipe utilize também martelete hidráulico para derrubá-la por completo amanhã. Retirar essa estrutura é o primeiro passo para a canalização do Córrego do Monjolo no trecho entre a Avenida Paranaíba e a Rua Guaraci. 

A área onde ocorre a demolição é o ponto mais crítico da Avenida Fátima Porto em relação ao escoamento das águas. A ponte impede a livre passagem do curso d’água, o que deixa a região propícia a alagamentos quando há grande volume de chuva. Outra ponte, com novas proporções, será construída a alguns metros do atual local. 

O próximo serviço a ser executado é a retirada das árvores no trecho em que a obra será executada. O canal do córrego seja ampliado, e o leito padronizado, respeitando o curso dele. O vão livre terá 8,25m de largura por 3,15m de altura; o guarda-corpo será instalado em cima da estrutura de concreto para dar espaço ao reflorestamento: serão plantadas 366 palmeiras nas duas margens, mais que o triplo do que há no local.

O tempo para a execução do serviço, estipulado em contrato, é de 18 meses. A obra, orçada em cerca de R $12 milhões, será custeada com recursos próprios do município e também com os R $7 milhões advindos de indenização da Vale. De acordo com o prefeito Luís Eduardo Falcão, todos os recursos já estão programados. “É a nossa prioridade, se tiver que fazer uma coisa só, nós vamos fazer esta canalização do Córrego do Monjolo.” garantiu o prefeito.

Trânsito – Para a execução da primeira etapa da obra, o trânsito está completamente interditado nos dois sentidos da Avenida Fátima Porto entre as ruas Guaíra e Guaraci. A Avenida Piauí também está fechada entre a Rua Cônego Getúlio e a Avenida Fátima Porto, enquanto a Rua Guaíra teve o tráfego fechado no quarteirão que dá acesso à Avenida Fátima Porto. 

Já os veículos de grande porte, como ônibus e caminhões, devem desviar pelas avenidas Paranaíba (para quem segue sentido à Avenida JK ) e Cruzeiro do Sul (para quem vai para o Centro). Com o decorrer da obra, pode haver novas alterações no trânsito.