Covid-19: bar volta a desrespeitar protocolo sanitário e é interditado

Locais com música ao vivo têm descumprido insistentemente as normas de enfrentamento ao vírus, sendo as principais denúncias recebidas

A fiscalização da Prefeitura de Patos de Minas voltou a interditar um bar na Avenida Brasil por descumprimento às medidas de segurança contra o coronavírus, entre elas público total acima do permitido e mesas sem o distanciamento mínimo exigido. O estabelecimento ficará fechado por 15 dias. A medida foi tomada na noite desse sábado (8/5), quando fiscais da força-tarefa vistoriaram diversos locais da cidade com apoio da Polícia Militar. 

Estabelecimentos que estão promovendo música ao vivo têm sido frequentemente denunciados por desrespeitarem as condutas de enfrentamento à Covid-19. Isso porque, durante os shows, os clientes deixam de lado qualquer cuidado, levantam das cadeiras e aglomeram-se e, assim, facilitam a transmissão do vírus. 

Foi o que aconteceu, por exemplo, em um bar do Bairro Jardim Panorâmico durante a noite e a madrugada de sexta-feira. A fiscalização tomou conhecimento do fato por meio de vídeo enviado após o ocorrido, e as imagens serão utilizadas como prova para que as devidas providências sejam tomadas. Gravações e fotos de outros locais anexadas a denúncias do fim de semana também serão analisadas.    

A regra no protocolo sanitário é clara: depois de acomodadas nas mesas, as pessoas devem permanecer sentadas, e essa norma é válida para as fases vermelha, amarela e verde. Já a metragem referência (para cálculo da ocupação máxima), a distância linear e a quantidade de pessoas por mesa é diferente entre uma onda e outra. Os detalhes são encontrados no Protocolo Único elaborado pelo Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19.

Os canais para denúncia são o site www.patosconectado.com.br e o WhastApp 3822-9601 (somente mensagens, não aceita ligações).