O Programa Municipal de Combate à Dengue alerta a população para exigir a identificação dos agentes que realizam a visita domiciliar. Eles utilizam uniforme (crachá com nome/matrícula e colete específico).

No geral, esses profissionais já são conhecidos dos moradores de cada região, mas, caso haja dúvidas, peça ao agente para aguardar do lado de fora da residência até que você confirme os dados dele (nome completo e matrícula) com a equipe do Disque Dengue (3822-9755).

Esse alerta faz-se ainda mais necessário neste momento, pois o colete de um agente de endemias foi furtado na madrugada desta quarta-feira (23/3). O fato, contudo, não pode prejudicar o trabalho de combate à dengue no município, uma vez que os casos da doença apresentam crescimento considerável neste momento pós-chuva.

As visitas domiciliares são a principal ferramenta do poder público para combater o Aedes aegypti. A sua colaboração é muito importante, tanto abrindo o imóvel para os agentes quanto mantendo os cuidados necessários para não deixar água parada.