Documento traz dados referentes a período que compreende segundo semestre do ano 2020 até início de 2022

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) concluiu no mês passado o “Diagnóstico Situacional da Criança e do Adolescente de Patos de Minas 2022”, documento que identifica as principais demandas do município para o atendimento prioritário desse público. A proposta de construir o diagnóstico partiu do CMDCA que viu a importância da elaboração de um material que sirva como instrumento para auxiliar na determinação de políticas públicas e na destinação eficaz de recursos do Fundo para Infância e Adolescência (FIA). O material foi apresentado em reunião do CMDCA realizada no dia 5 de setembro.

A construção do documento ficou sob responsabilidade de uma comissão intersetorial do conselho e contou com a colaboração de membros de órgãos públicos e entidades não governamentais. As informações são referentes ao período que vai do segundo semestre de 2020 até início de 2022, e o trabalho de compilação dos dados ocorreu entre julho e agosto deste ano. 

O diagnóstico é uma forma de conhecimento, descrição, análise e compreensão da realidade, feito para compreender as relações do território delimitado com a realidade social nele presente. O documento faz uma breve apresentação do município de Patos de Minas, descrevendo sua história, geografia, demografia, Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e economia. Também são trazidas informações sobre o CMDCA e Conselho Tutelar e apresentada a análise de indicadores como educação, saúde, assistência social, medidas protetivas e terceiro setor.

A partir das deficiências diagnosticadas, os dados coletados, que embasaram o Plano de Ação e Aplicação 2023, servirão para nortear as ações das secretarias, entidades e dos órgãos que compõem o Sistema de Garantia de Direitos (SGD).

O documento completo pode ser acessado a seguir. (Clique na seta na parte inferior do documento para visualizar as páginas seguintes.)

Diagnostico-CMDCA-2022