Animal apareceu morto, sem causa aparente, e após exames foi constatada a doença

A Vigilância em Saúde de Patos de Minas foi notificada sobre um caso positivo de raiva em bovino na região de Moreiras. Diante disso, nos dias 21 e 22 de dezembro, foi realizado bloqueio antirrábico de cães e gatos em um raio de 5km do local.

Durante o trabalho, a equipe reforçou a importância da imunização dos animais, informando sobre as formas de transmissão e prevenção da raiva. Foram vacinados 112 cães e 42 gatos. Parte deles já havia sido imunizada durante a recente Campanha Antirrábica, mas foram revacinados conforme orientações dos órgãos estaduais competentes.

“A vacinação de bovinos e equinos contra a raiva não é obrigatória, o que facilita ocorrências como essa. Embora não seja obrigatória, é recomendada, e sempre que possível o proprietário deve fazê-la”, orienta a diretora da Vigilância em Saúde, Lílian Marinho.

Embora a Campanha Antirrábica já tenha sido finalizada, o Centro de Controle de Zoonoses avalia caso a caso a situação de cães e Gatos não vacinados em 2021. Os proprietários podem contatar o setor pelo 3822-9624 (7h às 18h).