Iniciativa foi desenvolvida na escola Juca Mandu, em Santana de Patos

A Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, por meio da Diretoria de Igualdade Racial, Memória e Patrimônio Cultural (Dimep), realizou na Escola Estadual Juca Mandu o projeto pedagógico “Resgatando o Patrimônio Cultural de Santana de Patos”. A proposta foi desenvolvida entre os dias 31 de março e 5 de maio, contando com a parceria da direção da escola.

O projeto aconteceu simultaneamente ao processo de intervenção (reforma/restauração) na Igreja Matriz de Santana, realizada em parceria com a Mitra Diocesana e a Associação Cultural e Educacional de Santa Terezinha (Acest). Várias atividades foram realizadas dentro e fora da instituição de ensino, desde a apresentação inaugural do projeto à comunidade escolar até sua culminância com uma exposição organizada pelos estudantes e educadores do colégio.

Dentre as ações, também foram realizadas visitas mediadas ao monumento tombado (igreja), visita à exposição móvel do Museu Vivo e Itinerante, instalado nas dependências da escola, e rodas de conversa com todas as turmas da escola. 

De acordo com o diretor da Dimep, Alessander Freitas do Amaral, “os principais objetivos da proposta foram levar os alunos a identificar e reconhecer elementos materiais e imateriais (fotografias, objetos, lugares, imóveis e tradições que fazem parte da história do povo de Santana) como referências da memória histórica individual e coletiva da comunidade”. Ele pontuou ainda que o trabalho realizado também buscou fortalecer os laços identitários dos participantes, auxiliando-os na formação cidadã e destacando a importância de cada um apropriar-se do papel de proteção da cultura e do patrimônio cultural da comunidade.