Espaço tem o intuito de proporcionar o desenvolvimento do aluno e a interação da escola com a comunidade

Na Escola Municipal Aristides Memória (Caic) não tem só livros, cadernos, carteiras, quadro. Tem também uma horta onde são cultivados diferentes hortaliças, como couve, alface, cebolinha, cenoura, beterraba e rabanete. Os alimentos colhidos beneficiam cerca de 100 estudantes e seus familiares mensalmente. 

A horta faz parte do Programa de Educação em Tempo Integral (Proeti) e foi criada como apoio para a disciplina de Empreendedorismo, dentro do Projeto de Tempo Integral. O espaço tem o intuito de proporcionar o desenvolvimento do aluno e a interação da escola com a comunidade.

De acordo com a diretora da escola, Marina Santos, a distribuição mensal é feita por meio de levantamento para identificar as famílias mais necessitadas, já que a escola tem cerca de 700 alunos. “Antes da pandemia, os alunos cuidavam do cultivo da horta, mas agora essa tarefa está nas mãos do José Vicente, funcionário da unidade”.  

O cultivo das hortaliças conta também com apoio da empresa Valoriza, doando mudas para o plantio.