Pessoas que aguardavam tratamento fora do domicílio já começaram a ser atendidas e logo a agenda será aberta para novos pacientes

Serviço inédito no município, Ambulatório de Obesidade oferecerá local específico para tratar a doença. Instalada na Clínica de Especialidades Médicas, a unidade já está em pleno funcionamento. Para ter acesso ao atendimento, as pessoas precisam procurar a USF mais próxima de sua casa, podendo ser encaminhados para o ambulatório pacientes com mais de 16 anos e que preencham os critérios do SUS  para cirurgia bariátrica. Estão nessa lista pessoas com IMC

  • igual ou maior que 50; 
  • igual ou maior que 40 e que não tiveram sucesso no tratamento clínico, realizado por no mínimo dois anos;
  • igual ou maior que 35, com comorbidades (diabetes melito e/ou hipertensão arterial de difícil controle, apneia do sono, doenças articulares degenerativas) sem sucesso no tratamento clínico por no mínimo dois anos.

As consultas serão intercaladas e, caso não haja contraindicação para o procedimento, serão feitos exames laboratoriais, de imagem, endoscopia e avaliação por uma equipe multiprofissional. O cirurgião geral responsável fará a avaliação e a definição do método cirúrgico a ser realizado. Os pacientes ainda podem ser encaminhados, a critério médico, para avaliação pneumológica, psiquiátrica ou de alguma outra especialidade, se necessário.

As pessoas que não se enquadrarem nos critérios para o Ambulatório de Obesidade serão encaminhadas para atendimento especializado.  Esses pacientes serão triados pelas USFs e acompanhados pelo clínico da unidade e pela equipe multiprofissional da Atenção Básica.