Programa contará com apoio de empresas e entidades para atender estudantes carentes

A Prefeitura de Patos de Minas lançou, na manhã de hoje (8/12), o “Programa Absorvendo Afetos”, que tem como ação principal a distribuição de absorventes higiênicos para estudantes da rede pública de ensino municipal e estadual. As beneficiárias serão indicadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social, tendo por base o cadastro junto aos programas assistenciais do Governo federal.

A medida está prevista na Lei 8.160, fruto de projeto de lei proposto pelo Executivo local e aprovado na Câmara Municipal. Além da distribuição dos absorventes às alunas carentes com idade entre 10 e 17 anos e 11 meses, a norma prevê a discussão sobre saúde da mulher e pobreza menstrual, envolvendo meninos e meninas no debate, para que a conscientização também venha para todos. 

Neste primeiro momento, 3 mil pacotes de absorventes foram doados por uma empresa parceira, e o programa está aberto a todos aqueles que desejarem contribuir. Caso as parcerias público-privadas fiquem abaixo do número esperado, os produtos serão custeados com recursos da Secretaria Municipal de Educação.

Um dos principais objetivos do programa é diminuir a evasão escolar no período menstrual, prática comum em famílias de baixa renda. “Todas nós, mulheres, já passamos por problemas relacionados à menstruação. Não ter absorvente nunca foi um deles. E a nossa luta é para que todas as meninas tenham acesso a isso”, explicou a idealizadora do projeto, a primeira-dama Ludimila Falcão.  

Presente no lançamento do “Absorvendo Afetos”, o prefeito de Patos de Minas, Luís Eduardo Falcão, acrescentou: “Precisamos enfrentar cada detalhe que torna uma pessoa carente. A falta do alimento, da saúde, do absorvente… Este detalhe está sendo possível enfrentar por meio dessa importante iniciativa”.