Objetivo é criar banco de dados do setor para auxiliar na aplicação de projetos e execução de leis de incentivo à cultura

Pensando nas ações e projetos culturais desenvolvidos em Patos de Minas e na importância de se ter um diagnóstico do setor, a Sectel está com uma nova ferramenta: o Cadastro Cultural. Por meio do levantamento, da identificação e do registro de informações sobre os diversos fazeres culturais, espaços, equipamentos, empresas e eventos, esse instrumento auxiliará no reconhecimento e na gestão política do segmento no município.

O cadastro visa compor um banco de dados de grupos, artistas e espaços culturais de Patos de Minas. Portanto, para registrar-se, é necessário que os artistas residam no município e os estabelecimentos também sejam locais. Cabe ressaltar que o cadastramento não cria vínculo nem obrigação de contratação, repasse ou quaisquer outras ações que onerem a prefeitura. No entanto, por tratar-se de um levantamento de dados, a ferramenta poderá servir de base para aplicação de leis de incentivo cultural, como a Aldir Blanc 2 e a Paulo Gustavo, bem como de editais da Sectel.

“A partir do cadastro, teremos uma visão global dos diversos atores que produzem e difundem a cultura em Patos de Minas”, informou o secretário Ivan Rosa. “Esse instrumento será importante para a secretaria, pois nos auxiliará no planejamento de ações e na execução de leis que fomentam a cultura”, finalizou.

Artistas ou pessoas ligadas ao segmento cultural podem cadastrar-se pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdhLIk8o89Hsl-H2LS5r3nSFr4U4yaDqQK0stdWyr-wJwgioA/viewform. No caso de dúvidas, basta entrar em contato com a Sectel pelo telefone 3822-9892 (de segunda a sexta-feira, das 12h às 18h).