Ministério da Saúde oficializa retorno da oncologia para Patos de Minas

Portaria habilita Santa de Casa de Misericórdia e Centro Oncológico AZ como prestadores do serviço

Foi publicada ontem (13/12), no Diário Oficial da União, a portaria (929/2022) que habilita serviços de oncologia pelo SUS em Patos de Minas. A partir de agora haverá atendimento e tratamento de câncer na íntegra para diversas especialidades: consultas ambulatoriais, exames, cirurgias, radioterapia e quimioterapia.

E o que muda?

Com a habilitação, o Governo federal reconhece que a Santa Casa de Misericórdia e o Centro Oncológico AZ estão aptos para oferecer o serviço. Assim o município passa a receber aporte federal para custear a carteira de procedimentos.

Quais tipos de câncer serão tratados aqui?

Está voltando para Patos de Minas a carteira que o município tinha até 2019: mama, ginecológico, coloprocto, pele e intestino, acrescentado a partir de agora parte do urológico, no caso próstata. Não é tudo que será atendido aqui, mas a intenção é, aos poucos, avançar. 

A carteira que está sendo retornada representa quase 90% dos casos de câncer, o que torna grande a conquista para a população local e das demais cidades aqui referenciadas para oncologia.

Como ficam os pacientes já em tratamento desses tipos de câncer em outras cidades?

Quanto aos pacientes que já tratam essas especialidades fora de Patos de Minas, a prefeitura está em contato com as unidades que os atendem. São solicitados relatórios médicos para verificar se, no estágio atual de tratamento de cada um, é possível transferir de imediato para cá ou se é necessário finalizar alguma etapa na cidade em que se iniciou o tratamento. Em alguns casos oncológicos, o tratamento não pode ser interrompido/transferido por vários motivos clínicos que prejudicam a saúde do paciente. Por isso é necessário avaliar caso a caso.

Como ficam os casos de câncer que não se encaixam na carteira atual?

Devido a pactuações e necessidades de especialistas específicos, as demais especialidades (como cabeça/pescoço, pâncreas e mielomas) são direcionados a Uberlândia e Belo Horizonte. 

Se o paciente oncológico ou familiares tiverem dúvidas, onde ligar?

Ocorrendo qualquer dúvida, o usuário pode entrar em contato com a Secretaria de Saúde (Diretoria de Regulação) para análise do caso. Os telefones são 3822-9841 e 3822-9879.