MuP é destaque nacional por aprovação em edital do Instituto Brasileiro de Museus

O Museu de Patos de Minas – Casa de Olegário Maciel (MuP) alcançou feito notável ao ser a única instituição da Região Sudeste, em sua categoria, contemplada no edital Modernização de Museus 2023, promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). O projeto aprovado conquistou a 8ª posição em âmbito nacional e receberá investimento de R$ 300 mil, sendo R$ 50mil provenientes da contrapartida da Prefeitura de Patos de Minas.

 

 

O recurso será destinado a diversas iniciativas, entre elas o aparelhamento de uma sala de digitalização e a restauração de acervos. Estão previstos também treinamentos especializados, exposições temporárias, aquisição de equipamentos audiovisuais e realização de 160 visitas pedagógicas, beneficiando cerca de 7 mil estudantes de escolas urbanas e rurais da rede pública do município.

 

O projeto, desenvolvido pela prefeitura (por meio da Sectel/Dimep) em colaboração com a startup Facilitadora Cultural, é de autoria técnica do historiador e gestor cultural Geenes Alves e do gestor cultural Helvécio Furtado Júnior. Diretor da Dimep, Alessander Freitas comemora a notícia: “O projeto viabilizará um trabalho intenso de educação para o patrimônio cultural e difusão, além de garantir a implantação de uma sala específica e especializada em tratamento e digitalização de acervos que atenderá a comunidade patense e da região”.

 

Com a aprovação, dá-se início aos trâmites para o conveniamento do Termo de Execução Descentralizada (TED). A execução está programada para começar ainda no primeiro semestre deste ano, com previsão total de 24 meses para conclusão. Esse é um passo significativo para fortalecer o papel do Museu de Patos de Minas como centro de preservação e educação cultural na região.