Obra de drenagem pluvial na Avenida Tomaz de Aquino é iniciada

Primeiro serviço executado é escavação da via onde será instalada nova tubulação

 

Nesta segunda-feira (27/2), teve início a obra de drenagem pluvial na Avenida Tomaz de Aquino. A intervenção será feita da Rua Carajás até próximo ao cruzamento com a Rua José Caixeta. No trecho, não existe nenhum mecanismo para receber a água das chuvas, por isso será criada uma rede de drenagem.

Serão instalados 400 metros de tubulação. De acordo com as dimensões definidas em projeto, as manilhas, que têm entre 800mm e 1.200mm de diâmetro, receberão as águas que descem da região dos bairros Alto Caiçaras, Jardim Itamarati, Caramuru, Nossa Senhora das Graças  e Alvorada. 

Segundo o secretário de Obras Públicas Paulo Henrique Caixeta, a captação da nova rede vai para um sistema existente. “A rede será interligada  a uma caixa de captação localizada no entroncamento da Rua Carajás com a Avenida Tomaz de Aquino, seguindo de lá para um dissipador que envia a água das chuvas para o córrego Água Limpa. 

O prefeito Luís Eduardo Falcão explicou que a obra diminuirá os problemas provocados pelas chuvas. “A nova rede do sistema de drenagem vai captar um volume maior do escoamento superficial das águas, que é o que provoca grandes danos, como o arrancamento de asfalto e alguns problemas de inundação. Isso faz parte do nosso compromisso de trazer mais segurança para o cidadão e melhorar a infraestrutura na cidade.”

Parte da obra, cujo valor total é de quase R$ 1,5 milhão, será executada por meio de convênio com o banco BDMG, com complemento proveniente de recursos próprios do município. A previsão é que o serviço seja concluído em até 120 dias. Durante o período, o abastecimento de água na região poderá ser interrompido em alguns momentos para a execução da nova rede.

 

Interdição no trânsito –  Para execução da obra, será necessário intervir no trânsito, deixando algumas vias total ou parcialmente interditadas. Neste momento, por exemplo, para trânsito local, a liberação é apenas nos seguintes locais: Rua Carajás, entre Rua Nito de Deus Vieira e Av. Tomaz de Aquino; Rua Dino de Souza, entre Rua Tonho do Nico e Av. Tomaz de Aquino; e Rua Dr. Rasmo Rocha, entre Rua Tonho do Nico e Av. Tomaz de Aquino.

Em outros trechos, o trânsito está totalmente bloqueado: na Av. Tomaz de Aquino, esquina com Rua Dino de Sousa; na Rua João de Barros, esquina com a Rua Dom José Coimbra; na Rua Carajás, esquina com Av. Tomaz de Aquino; e na Rua Dr. Rasmo Rocha com Av. Tomaz de Aquino. O trecho interditado poderá sofrer alterações de acordo com o andamento do serviço.

 

Transporte coletivo – Para quem usa o transporte coletivo, as alterações nos itinerários devido às interdições da obra são:

Rota 5 (Coração Eucarístico/Centro)

Sentido Bairro Coração Eucarístico ao Centro – Rua São Geraldo, Rua José Caixeta, Rua Osvando Amaro Teixeira, Rua Aristeu Caetano de Andrade, Avenida Angra dos Reis, Rua Vereador Zé Mota, Rua Ildefonso Bernardes e segue itinerário normal.

Sentido Bairro Centro ao Coração Eucarístico – Rua Ildefonso Bernardes, Vereador Zé Mota, Avenida Angra dos Reis, Rua Aristeu Caetano de Andrade, Rua Osvando Amaro Teixeira, Rua José Caixeta, Avenida São Geraldo e segue itinerário normal.

 

Rota 9 (N. Sra. Fátima/Ipanema)

Sentido Bairro Ipanema ao N. Sra. Fátima – Avenida Tomaz de Aquino, Rua Sargento Deolindo, Rua Zina Rocha, Rua João Eustáquio Borges, Avenida Tomaz de Aquino e segue itinerário normal.

 

Rota 11 (Alvorada/Planalto/Distrito Industrial)

Sentido Bairro Alvorada ao Distrito Industrial – Rua Zeca Mota, Rua dos Carijós, Rua Olímpio Ferreira, Rua dos Caetés e segue itinerário normal.

É importante ressaltar que o itinerário poderá sofrer alterações de acordo com a execução das obras.