Classificação não permite relaxamento quanto às medidas de combate à Covid-19, até porque houve crescimento na ocupação de leitos de UTI de ontem para hoje

Pela avaliação do Comitê Executivo Covid-19 do Minas Consciente, a microrregião de Patos de Minas e a macrorregião Noroeste mantêm notas para seguirem na onda verde por mais uma semana, de 31 de outubro a 6 de novembro. A classificação foi atualizada em reunião desta quarta-feira (28) e já está publicada no site do programa. 

Na onda verde estão autorizados a funcionar serviços não essenciais com alto risco de contágio, como cinemas, serviços de colocação de piercings e tatuagens, restaurantes e bares com oferta de entretenimento. Eventos também estão liberados, mas há restrições estipuladas no protocolo sanitário elaborado pelo comitê local, como o limite de público em 30% da capacidade total do espaço. Ainda há documentos específicos para leilões, clubes e arenas esportivas, academias de ginástica e outros.

A permanência da microrregião de Patos de Minas na fase mais flexível do plano não permite relaxamento quanto às medidas de combate à Covid-19, até porque houve crescimento na ocupação de leitos de UTI de ontem para hoje. Considerando apenas residentes no município, são nove pacientes confirmados internados em unidades de terapia intensiva, isto é, quatro a mais. Somando pacientes da cidade e de localidades vizinhas, esse número sobe para 13.